Na ausência da mãe pela volta ao trabalho ou estudos é necessário oferecer chupeta ao bebê?
Ausência materna e uso da chupeta

A ausência materna precisa ser suprida por muito colo e contato físico, permitindo à criança a liberdade de escolher o modo de suprir sua necessidade de sucção de forma fisiológica, como sugar o dedo, por exemplo. Normalizar o uso de chupeta para crianças precocemente institucionalizadas serve às instituições em si, que podem continuar com uma quantidade de cuidadores muito aquém do ideal, à força de crianças resignadas com suas chupetas na boca.

Read More »
Estresse seca o leite?
Estresse seca o leite?

É comum escutarmos histórias de mulheres dizendo que seu leite secou porque passaram uma raiva ou tiveram um susto. Mas será verdade? Entenda como o estresse pode afetar o mecanismo da lactação.

Read More »
A maternidade e o conflito de gerações
A maternidade e o conflito de gerações

Cada geração de mães fez o melhor que podia com a informação que tinha disponível em sua época. O fato de que hoje tenhamos acesso praticamente ilimitado a todo tipo de informação e evidências científicas não nos faz melhores que a geração que nos precedeu, mas certamente aumenta a nossa responsabilidade por fazer escolhas conscientes.

Read More »
Violência obstétrica: um relato pessoal
Violência obstétrica: um relato pessoal

Só então eu entendi que o problema não estava comigo. O verdadeiro problema era o modelo obsoleto de assistência ao parto ao qual eu havia sido submetida. Entendi que havia sido vítima de violência obstétrica.

Read More »
Quando falta um pedaço de quem a gente ama
Quando falta um pedaço de quem a gente ama

O pedaço que falta pode ser físico, ou mesmo invisível aos olhos. Pode ser fruto de um acidente inesperado, ou de um duro diagnóstico. Pode ter origem circunstancial, ou genética. Pode ser resultado de uma meta não alcançada, ou de uma decisão tomada de forma equivocada pela razão que seja. Talvez possa ser substituído, ou talvez seja uma ausência com a qual teremos de lidar pelo resto das nossas vidas.

Read More »
Como fica o sexo depois da maternidade?
Como fica o sexo depois da maternidade?

A nova mãe precisa de tempo para processar as inúmeras mudanças. Porque o puerpério tem revolução hormonal, cansaço extremo pela alta demanda do bebê e noites mal dormidas, tem baixa libido, tem dores do pós-parto, tem um corpo voltando pro lugar, tem ressecamento vaginal, tem peito vazando. A boa notícia é que todos estes itens tenebrosos são temporários e podem ser contornados pelo casal com acolhimento e compreensão, com companheirismo, partilha de tarefas, muita paciência e, acima de tudo, diálogo franco.

Read More »
Pausar a vida pelos filhos
Pausar a vida pelos filhos

Pausar não significa desistir da vida e de si mesma. Significa entender que durante um certo período precisaremos reordenar prioridades em prol dos nossos filhos. Porque eles são seres que nascem frágeis e totalmente dependentes de cuidados.

Read More »
Decidir amamentar na cultura do desmame exige muita determinação. Veja algumas dicas que podem tornar o processo da amamentação mais leve.
8 Dicas para manter a amamentação no tempo

Decidir amamentar na cultura do desmame exige muita determinação. É bem provável que enfrentemos desde o início inúmeros obstáculos pela assistência profissional inadequada e pressão da família pela falta de conhecimento sobre o tema e os muitos mitos que imperam na nossa cultura.

Read More »
A capacidade de armazenamento não tem a ver com o tamanho da mama, mas com a quantidade de tecido mamário existente. Entenda a diferença.
O que significa capacidade de armazenamento do seio?

A capacidade de armazenamento dos seios é literalmente o que o nome diz: a quantidade de leite que seus seios são fisicamente capazes de suportar. Os seios de algumas mulheres podem armazenar muito leite e outros apenas um volume menor. O interessante é que você não pode dizer só de olhar – seios grandes não necessariamente armazenam mais leite do que os pequenos. Sua capacidade de armazenamento é determinada por quantas glândulas e ductos existem no seio e quão grandes estes são; e seios maiores tipicamente contêm mais tecido adiposo em vez de mais tecido glandular.

Read More »
Preciso dar um intervalo entre as mamadas para dar tempo do peito encher? Esta é uma dúvida bastante frequente entre as mães de primeira viagem. E, infelizmente, muitos profissionais desatualizados continuam perpetuando este tipo de recomendação nos consultórios.
Preciso esperar o peito encher para voltar a oferecê-lo ao bebê?

Para que essa regulação ocorra de modo adequado, o estabelecimento de horários rígidos para as mamadas, uso de chupeta, treinamentos de sono para supressão das mamadas noturnas, etc., não são recomendados, porque eles enviam uma mensagem incorreta ao organismo da mãe, causando a redução da sua produção total diária de leite e, deixando-a aquém das necessidades do bebê.

Read More »