Fases de crescimento e desenvolvimento que modificam o sono do bebê e da criança

Fases de crescimento e desenvolvimento que modificam o sono do bebê e da criança
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

Seu bebê dormia como um anjo e de repente trocou o dia pela noite? O problema disso pode ser uma causa natural: o desenvolvimento e o crescimento da criança.

O desenvolvimento e o crescimento do bebê no primeiro ano e além podem provocar alterações no seu sono. Veja como saltos de desenvolvimento, picos de crescimento e angústia de separação podem interferir no sono.

O primeiro ano da criança é uma fase de mudanças extraordinárias para toda a família. Esse período é excitante e desafiador, quando bebês aprendem a comunicar suas necessidades e pais aprendem como atendê-las.

Qual o remédio mais eficaz para aumentar a produção de leite?

O remédio mais eficaz para aumentar a produção de leite é a informação
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

O remédio mais eficaz para aumentar a produção de leite é a informação!

Pra começo de conversa, não precisamos produzir muito leite, basta produzir o suficiente. E isso independe do tamanho do seio antes, durante ou depois da gravidez; se após a apojadura o peito enche e fica duro, vaza, jorra; se quando ordenhamos na mão ou na bomba sai X ou Y ml; independe das experiências anteriores das mulheres da família, da quantidade de líquido que ingerimos ou de canjica que comemos.

9 Razões para manter a amamentação noturna

Amamentação noturna e sono infantil
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

Por quanto tempo preciso amamentar durante a noite? Essa é uma das perguntas que mais ouvi como monitora de amamentação na Liga de La Leche. E é que a amamentação noturna, em uma sociedade que normaliza e “normativiza” o sono solitário de bebês e crianças, e na qual se supõe que a grande maioria das mães retornará à sua vida normal laboral a partir do quarto mês da vida de seu filho, manter a amamentação noturna, nem que sejam nos primeiros 6 meses de vida da criatura, é um esforço de maratona que custa à mãe muitas horas (muito necessárias) de sono.

Os segundos nove meses: A exterogestação e a necessidade de ser carregado

Os segundos nove meses: A exterogestação e a necessidade de ser carregado
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

Um canguru bebê fica em sua bolsa até que sua “gestação exterior” esteja completa e ele possa se afastar de sua mãe por conta própria. Como um canguru bebê, os bebês humanos também nascem imaturos. De fato, os bebês humanos permanecem indefesos por mais tempo que os bebês de qualquer outra espécie e, como alguns marsupiais, também devem passar por um período distinto de gestação fora do útero. Embora o nascimento possa ser visto como uma separação entre mãe e bebê, os bebês precisam de algo que não seja a separação. A natureza pretendia que eles fossem mantidos no corpo de sua mãe após o nascimento até completar a gestação fora do útero.

Esse período de gestação externa precisa ser respeitado não apenas como uma questão sentimental, mas como uma que possui um impacto profundo e importante no desenvolvimento físico, emocional e psicológico de uma criança.

O que toda mãe precisa ouvir

Mãe, você está fazendo um ótimo trabalho!
Foto: Gerardo Gimenez

Uma mãe sofrendo para superar um perrengue na amamentação não precisa escutar que ela não dá mamadeira porque não quer. A uma mãe passando por um mau momento no puerpério não lhe ajuda saber que todas foram mães antes dela e sobreviveram sem tanto drama. Uma mãe esgotada pela maternidade em tempo integral não necessita ouvir que se ela colocasse o bebê na creche e fosse trabalhar fora estaria muito menos cansada. 

Se o bebê está chupando o dedo, o que ele pode estar querendo dizer?

Chupar o dedo. Sucção digital
Foto: Gabrielle Gimenez

No que diz respeito ao desenvolvimento infantil ainda existe muito desconhecimento e mitos que imperam na nossa cultura. O fato do bebê chupar o dedo é um desses eventos naturais e parte do desenvolvimento infantil, mas que causam muito rebuliço tanto entre profissionais quanto leigos, levando a todo tipo de recomendações, nem sempre acertadas. Nossa sociedade padece de uma verdadeira “dedofobia”. A melhor maneira de combatermos nossos medos e fobias é com o acesso à informação. A seguir compartilho um artigo produzido pela odontopediatra e pesquisadora Andréia Stankiewicz que traz uma luz sobre este assunto. Uma abordagem ampla sobre a etiologia e prevenção do hábito de sucção digital baseada em evidências multidisciplinares. Leia até o final!

Você sabe o que é perturbação na amamentação?

Perturbação na amamentação. Agitação na amamentação.
Foto: Gabrielle Gimenez

A perturbação ou agitação na amamentação é um sentimento de aversão ao ato de sugar o seio, que leva a mulher a querer afastar a criança que está mamando imediatamente de si. A razão pela qual as mulheres experimentam isto não é totalmente conhecida. Não se trata de um sentimento racional, não envolve dor, apenas um desejo muito forte de fugir da situação, que pode ser acompanhado de sentimentos que oscilam entre a irritação e a raiva, ou como algumas descreveram, uma sensação de arrepio ou comichão na pele. A frequência e intensidade das sensações são variáveis (YATE, 2017¹). Em geral, pode acontecer com mulheres que amamentam crianças mais velhas, na presença ou não de uma nova gestação, ou que amamentam em tandem crianças de idades diferentes (quando se amamenta a mais velha), ou ainda durante a ovulação ou período menstrual, ou momentos de maior ansiedade e cansaço. A sensação desaparece assim que a criança solta o peito.