Ser mãe outra vez

Ser mãe outra vez
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

Ser mãe outra vez é uma oportunidade de repensar a maternidade. De encarar as mudanças físicas e o pós-parto em si com menos desespero. De experimentar um amor que cresce exponencialmente junto com o caos da nova rotina familiar. De conviver com a fragilidade humana com menos pânico. 

De se perdoar por aquilo que se fez de errado porque não se tinha a mesma cabeça de agora. De fazer escolhas mais conscientes e uma lista de prioridades com itens realmente relevantes. É a chance de acertar depois de ter se equivocado. De voltar a errar porque a maternidade é mesmo uma coisa complexa. De comprovar que a única maneira de manter a sanidade mental é continuar vivendo um dia de cada vez.

Ser mãe outra vez é um privilégio e um desafio. Ousar ser melhor é para quem não tem medo de enfrentar o passado e aprender dele. Não se trata de ser mais ou menos nada. Se trata de buscar a plenitude e o equilíbrio. Para que a felicidade deles seja a sua própria. E a construção do vínculo o trabalho de toda uma existência.


Por Gabrielle Gimenez @gabicbs

Texto publicado originalmente na minha conta do Instagram em 18 de março de 2019.

Deixe uma resposta