Verdadeiros inimigos da amamentação

Verdadeiros inimigos da amamentação: sistema, indústria, sociedade
Ilustração: Typhaine Le Gallo

Quem são os verdadeiros inimigos da amamentação? Por que a nossa média nacional de aleitamento materno decresceu nos últimos anos de um valor que já estava bem distante do ideal recomendado pelas principais organizações de saúde? Longe de ser um julgamento, como alguns erroneamente o interpretaram, este texto é um convite à reflexão. Só poderemos resistir à pressão da nossa cultura em relação ao desmame se soubermos exatamente quem são os verdadeiros inimigos da amamentação e tivermos a informação correta para questioná-los.
Quando escrevi este texto sobre os verdadeiros inimigos da amamentação, eu o fiz com base na minha experiência pessoal de fracasso e no meu posterior processo de empoderamento para encarar o maior desafio da minha vida até então: a maternidade múltipla e a amamentação gemelar exclusiva. Escrevi inspirada pelas lutas e dores de muitas outras mulheres que como eu desejavam resistir bravamente aos ataques do SISTEMA, da INDÚSTRIA e da SOCIEDADE. De lá pra cá o texto viajou pelas redes sociais, chegando muito mais além do que eu sequer poderia sonhar. Ele me rendeu amizades virtuais incríveis e muita troca bacana e aprendizado com mães, ativistas e profissionais da saúde de todos os âmbitos.

Fico feliz de poder finalmente estar começando o meu próprio blog, organizando neste espaço minhas reflexões, traduções de material científico e informativo sobre amamentação, criação com apego, e outros temas relacionados à maternidade consciente. Não poderia começar de outra maneira.

O SISTEMA te diz:
– Apertou e não esguichou?
– Só saiu isso na bombinha?
– Seu bebê só ganhou “x” gramas em um mês?
– SEU LEITE NÃO É SUFICIENTE!

A INDÚSTRIA te diz:
– Pra que se desgastar tanto amamentando?
– Pra que se privar do sono?
– O leite que nós produzimos é tão bom ou até melhor que o seu.
– Nossas mamadeiras e chupetas de última geração são justamente o que você precisa para recuperar o controle da sua vida.
– SEU LEITE É DISPENSÁVEL!

A SOCIEDADE te diz:
– Esse bebê não sai do peito?
– Ainda não dorme a noite toda?
– Já tá chorando de fome outra vez?
– Cadê as dobrinhas?
– SEU LEITE NÃO SUSTENTA!

Mas a CIÊNCIA te diz:
– Colostro é leite.
– Peito não é estoque, é fábrica.
– Ordenha não é parâmetro para medir produção. A sucção do bebê é infinitamente mais eficaz.
– Bebês amamentados em livre demanda não passam fome.
– Bebês não choram SÓ de fome.
– Cada bebê desenhará sua própria curva de desenvolvimento.
– Mamadeira, chupeta e bicos de silicone causam desmame precoce entre outros danos.
– Exterogestação, picos e saltos, angústia da separação, mostram que seu peito é alimento não só do corpo, mas também da alma.
– Cama compartilhada é vida.
– SEU LEITE NÃO SÓ É SUFICIENTE, COMO É PERFEITO E INIGUALÁVEL; PRODUZIDO NA MEDIDA CERTA PARA AS NECESSIDADES DO SEU BEBÊ.

Num mundo tão cheio de (des)informações, precisamos escolher bem quem vamos escutar. Disso dependerá nosso sucesso ou fracasso na árdua, mas maravilhosa e recompensadora jornada da amamentação. Viva o tetê!

Texto de Gabrielle Gimenez @gabicbs

Ilustração de Typhaine Le Gallo @typhainelegallo

Texto em destaque originalmente publicado na minha conta do Facebook em 16 de janeiro de 2017.

4 comments

Add Yours

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.