Browse by:
É fácil ser a mãe perfeita

É fácil ser a mãe perfeita

Não sei se você foi uma mãe perfeita ou imperfeita hoje, mas de qualquer forma não se prenda a estes rótulos. A imperfeição é inerente a todas nós e nem sempre o verde intenso da grama alheia reflete a realidade. Conviver de perto com as nossas limitações pode ser doloroso, no entanto não devemos desistir de nos tornarmos a melhor versão que pudermos ser de nós mesmas.

Mãe nunca deixa de ser

Mãe nunca deixa de ser

Enquanto respiro fundo e me preparo para talvez mais uma noite sem dormir, eu penso nesse amor de mãe que me precedeu, que presenciei e que me acolheu e que agora eu posso dar aos meus filhos. Sempre serei sua mãe e os amarei até o fim, na saúde ou na doença, na alegria ou na tristeza. Porque mãe nunca deixa de ser.

Pausar a vida pelos filhos

Pausar a vida pelos filhos

Pausar não significa desistir da vida e de si mesma. Significa entender que durante um certo período os filhos serão a prioridade, porque eles são seres que nascem frágeis e totalmente dependentes de cuidados. Que precisam, como o ar que respiram, de peito e colo e da certeza de que estaremos ali pra eles até que possam conquistar certa autonomia (e acredite, essa fase chegará!).

Uma escolha consciente pela maternidade

Uma escolha consciente pela maternidade

A maternidade seria mais leve se pudéssemos assumi-la como um projeto digno da nossa atenção exclusiva. Como algo capaz de trazer realização pessoal sem necessidade de outros complementos. Como um caminho que nos levasse ao constante autoconhecimento e aperfeiçoamento e cujo fim fosse a felicidade de ter vivido com um propósito para além de nós mesmas. Como um legado que permanecesse quando já não estivermos neste mundo. E a maternidade pode ser tudo isso. É apenas uma questão de escolha.