Sobre pisar nos freios para viver melhor

Sobre pisar nos freios para viver melhor. Foto e Texto: Gabrielle Gimenez
Foto: Gabrielle Gimenez

Um dos grandes desafios da ma/paternidade é saber escolher desacelerar para caminhar ao compasso dos pés de quem não merece ser arrastado pelo ritmo insano da vida adulta dos nossos dias. Tarefas, prazos, projetos, anseios, necessidades, deveres. Tantas coisas legítimas, necessárias, algumas delas inadiáveis. Como conciliar tudo isso com as expectativas de um pequeno ser que não conhece o significado da palavra pressa?

A vida é tão menos complicada e tão mais divertida pra eles! Em que ponto da nossa existência perdemos a capacidade de vê-la desde essa perspectiva? Como recuperá-la? Quando nos tornamos pais e mães temos uma nova chance de voltar a ver a vida através do olhar da inocência, da simplicidade, da ternura, do afeto.

Podemos escolher andar mais devagar, retroceder alguns passos para voltar a pisá-los sentindo o triturar das folhas secas de outono acumuladas na calçada no trajeto de regresso da escola. Podemos estender um cobertor velho no quintal e transformá-lo numa toalha de piquenique com um bolo feito por nós para compartilhar um tempo ao ar livre enquanto a tarde cai. Podemos atrasar a volta ao trabalho para contar uma história inventada sobre um misterioso castelo cuja maquete foi feita usando rolos de papel higiênico e papel toalha, e agora ocupa as mãos de um ouvinte emocionado e atento. Podemos alongar uma saída de compras para que as crianças brinquem na praça em frente à loja. Podemos deixar algum serviço da casa para mais tarde e sentar-nos no chão para ajudar a construir uma grande cidade com bloquinhos de madeira. Podemos levar mais tempo do que gostaríamos para realizar uma tarefa pelo prazer de deixá-los participar nela.

Certamente não é fácil, mas vale a pena o esforço. Porque as memórias se constroem de pequenos momentos. Estar juntos, curtir o ócio, exercitar a contemplação, trabalhar em equipe, aprender a agradecer por tudo, amar incondicionalmente. A vida pode ser bem melhor se aprendermos a pisar nos freios com mais frequência.


Texto de Gabrielle Gimenez @gabicbs

Texto originalmente publicado nas minhas contas de Facebook e Instagram em 15 de abril de 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.