Como me preparar para a amamentação na gravidez?

Como me preparar para a amamentação na gravidez?
Foto: Elisa Elsie

O item mais importante do seu enxoval será a informação!

Se informe antes: Aproveite o período da gravidez para estudar sobre amamentação, comportamento do bebê ao nascer e desenvolvimento infantil. Nós não precisamos preparar os seios para amamentar. Esse tipo de recomendação vem de profissionais desatualizados. Entender o que é normal no comportamento do bebê (por exemplo: que bebês choram, precisam de muito colo, mamam com frequência e dormem em horários caóticos) ajuda a ajustar as nossas expectativas e a evitar interferências desnecessárias que podem pôr em risco a amamentação. 

Trabalhe sua autoconfiança: De posse da informação correta, trabalhe sua mente para confiar na sua capacidade de parir, cuidar e nutrir o seu bebê. Mesmo que você precise de assistência em algum momento, seu corpo foi projetado para realizar cada uma dessas funções. Mudanças neuroendócrinas vão acontecer te preparando não só para a amamentação como para a maternidade. Num contexto de confiança a ocitocina fluirá livremente, favorecendo a amamentação e a construção do vínculo entre você e o seu bebê.

Ponha filtro nos ouvidos depois: Use a informação adquirida a seu favor para escolher quem você ouvirá a partir de agora (inclusive identificar recomendações profissionais descabidas ou conflitantes). Passe essa informação para as pessoas que farão parte da sua rede de apoio. É maravilhoso quando elas trabalham lado a lado, com você e por você, respeitam as suas escolhas e te protegem dos ataques e palpites alheios. Um bom grupo de mães, mesmo que seja virtual, será de ânimo e companhia no puerpério. Procure um grupo para chamar de seu.


Texto de Gabrielle Gimenez @gabicbs

Deixe uma resposta