8 Motivos que podem levar o bebê a morder o peito

Mordidas na amamentação
Foto: Elisa Elsie – Duas Estúdio

As causas das mordidas no seio materno são variáveis e nem sempre identificáveis. Existem, sim, aqueles que mordem por morder. Mas é importante entendermos que a maioria destes bebês se comportam desta maneira por motivos bem específicos em que intervenções rápidas podem resolver.

Conheça as causas mais comuns e entenda sugestões de como agir para melhorar ou acabar com este hábito:

1. USO DE CHUPETA – a chupeta altera a fisioanatomia da boca, organização da sucção efetiva e pode levar a confusão de bicos e desmame. Mesmo ortodôntica. Se você amamenta, retire-a o mais breve possível. Se não amamenta também.

2. USO DE MAMADEIRA– leva a problemas semelhantes à chupeta. Não existe mamadeira segura para a amamentação independente da idade. Use copo aberto, 360 ou colher dosadora. Não use copo de bico.

3. MAMÃE DISTRAÍDA – algumas crianças desejam que a mãe se conecte com elas na amamentação, sem mexer no celular ou bater papo. Para estas crianças basta amamentar em local livre de distrações. Bebês com sono também pode morder o peito por irritação ou para não deixa o peito escapar.

4. REAÇÕES FACIAIS DA MÃE – os bebês podem achar legal o grito ou a expressão facial da mãe quando mordida e perpetuam este comportamento porque acham engraçado a capacidade de ação deles e a reação da mãe. Nestes casos, a mãe deve tentar não gritar, fazer careta ou qualquer emoção que possa impressionar o bebê. Interrompa a mamada e explique o porquê o fez.

5. NASCIMENTO DE DENTES – nascimento dos dentes pode gerar desconforto, inclusive nas mamadas. Ofereça, dependendo da idade, frutas geladinhas ou mordedores gelados.

6. BRINCADEIRAS DE MORDER – as vezes mordemos os bebês, para brincar e mostrar o quão fofos e deliciosos são. Mas muitos associam morder com ato de carinho e não sabem diferenciar mordida leve de forte. Replicam o que viram, durante a mamada. Pare com estas brincadeiras.

7. FREIO LINGUAL CURTO – isso pode dificultar a pega adequada. Peça avaliação do pediatra ou odontopediatra.

8. DOENÇA – gripes, aftas, sapinho, podem deixar o bebê angustiado e com dor. Mas todas estas mordidas são passageiras após melhora do quadro.

Por Mariele Rios, pediatra, mãe do Bento e autora dos livros Do Caos ao Instinto e Respostas Sinceras para Palpites Chatos na Maternidade.

Você pode encontrá-la no Instagram @umamaepediatra.

Texto originalmente publicado na sua conta do Instagram em 30 de agosto de 2019 e gentilmente cedido pela autora para divulgação neste espaço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.